Escolha do suplemento mais adequado ao cliente.

O consumo de suplementação alimentar, quando feito de forma regrada, adequado às necessidades nutricionais individuais e associado à prática de exercício físico, pode trazer vantagens no que se refere à composição corporal, otimização física e na prevenção de doenças ou patologias em determinadas situações. Contudo, muitos dos seus usuários agem unilateralmente, baseando as suas escolhas em meras crenças ou nos conselhos de pessoas dotadas apenas de conhecimento empírico, sem competências para tal.

Com o aumento da popularidade e do consumo de suplementos alimentares, recai a responsabilidade sobre os profissionais de saúde em se aprimorar e educar a população, mostrando que a utilização destes tipos de produtos não é inócua e que o uso desajustado pode trazer repercussões graves à saúde.

Embora existam muitas informações conflitantes, deve-se ter uma conduta diferenciada dependendo do perfil de cada paciente, seja ele praticante de atividade física ou não, e uma postura diferenciada em relação a atletas de alta performance.

O tema de suplementação alimentar aplicada à pessoa saudável, ao paciente com alguma alteração metabólica ou a atletas de alto rendimento será um dos assuntos tratado por especialistas de excelência durante os 2 dias de evento do SIEEX SBEM 2019, a fim de fomentar conhecimento de qualidade.

Fontes consultadas:

  1. Rautiainen S, Manson JE, Lichtenstein AH, Sesso HD. Dietary supplements and disease prevention - a global overview. Nature reviews Endocrinology. 2016; 12(7):407-20. 12.
  2. Maughan RJ. Quality assurance issues in the use of dietary supplements, with special reference to protein supplements. The Journal of nutrition. 2013; 143(11):1843s-47s.
  3. Blendon RJ, Benson JM, Botta MD, Weldon KJ. Users' views of dietary supplements. JAMA internal medicine. 2013; 173(1):74-6.